no-foto

José Maria Eça de Queirós

Biografia

José Maria Eça de Queirós nasceu na Póvoa de Varzim em 1845. Formado em Direito pela Universidade de Coimbra, muda-se para Lisboa em 1886, onde exerce direito e colabora, enquanto jornalista, com vários periódicos. Em 1871, participa nas famosas Conferências do casino Lisbonense com uma comunicação intitulada "O Realismo como nova expressão da Arte", aproximando-se assim da estética Realista-Naturalista, pela qual viria a tornar-se um dos mais importantes escritores de língua portuguesa de sempre. A sua carreira enquanto diplomata, iniciada em 1873, levá-lo-ia a Cuba, Inglaterra e França, com o cargo de cônsul de Portugal. Embora tivesse já publicado O Mistério da Estrada de Sintra, em conjunto com o seu amigo Ramalho Ortigão, nas páginas do Diário de Notícias, foi a liberdade e a distância da vida fora do país que aguçaram o seu, já de si forte, sentido de crítica social e permitiram a escrita da maioria dos seus romances. O crime do Padre Amaro (1875), O primo Basílio (1878) e Os Maias (1888), entre outros, são, ainda hoje, obras incontornáveis da literatura portuguesa lidas um pouco por todo o mundo. Eça de Queirós morreu em 1900, em Paris.

Suscríbete a nuestras novedades sobre este autor o editorial

Actualidad

Mucho más que libros

Escuela Cursiva

Descubre los cursos de José Maria Eça de Queirós

Cursos
Mujeres e ilustración

En el ciclo Mujeres e Ilustración en Madrid cinco formadoras compartirán sus procesos creativos para que puedas sacar adelante tu proyecto artístico.

199,00€ Matricularme
Artigo adicionado à wishlist