• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Autor

Alfred de Musset

Nascido em Paris, em 1810, no seio de uma família bem posicionada socialmente, ainda que pouco abastada, desde cedo que Alfred de Musset revelou talento para a escrita, tendo ganhado um prémio no Concours général do seu ano, com apenas nove anos.

Aos dezassete, começa a frequentar o Cénacle, salão literário de Charles Nodier, introdutor do romance gótico no panorama literário francês da época.

Data de 1830 o primeiro livro de poemas do jovem de Musset: Contes d’Espagne et d’Italie, mas é com a publicação do poema Rolla (1833), do drama histórico Lorenzaccio (1834) e do romance A Confissão de um Filho do Século (1836) — estes dois últimos frutos da conturbada e intermitente relação amorosa com George Sand — que de Musset se assume como um dos principais escritores românticos franceses.

O seu reconhecimento foi imediato, e a sua crescente fama acompanhada pela reputação de dandy tumultuoso.

Escritor com um notável corpo de trabalho, que abarca teatro, poesia, contos e romances, de Musset morre durante o sono em 1857, após anos de alcoolismo e de doença cardíaca grave.

Do mesmo autor

show blocks helper

Plano Nacional de Leitura

Géneros

Chancela

Coleção

Filtrar por preço

A Confissão de um Filho do Século

16,61

«Tendo sido atingido, na primeira flor da juventude, por uma doença moral abominável, narro o que me aconteceu durante três anos. Se eu fosse o único doente, não diria nada; mas como há muitos outros além de mim que sofrem do mesmo mal, escrevo para esses, sem saber se vão prestar atenção (…)»

Uma obra de referência da literatura mundial, pela primeira vez traduzida em Portugal.