• Em promoção!
Criatividade

Criatividade

OBJECTIVA , Outubro 2021

«Existe o mito de que a criatividade é algo que nasce connosco.
Não é verdade.
Todos podemos ser criativos.»

Quem melhor do que John Cleese para nos ensinar a sermos mais criativos?

Talvez pense que a criatividade é algo de misterioso, como um dom raro que apenas um punhado de pessoas possui. John Cleese tem uma opinião diferente. Tal como demonstra neste curto, prático e divertido ensaio, a criatividade é uma competência que todos podemos desenvolver. A partir da sua experiência enquanto escritor, Cleese partilha a... Ler mais

Talvez pense que a criatividade é algo de misterioso, como um dom raro que apenas um punhado de pessoas possui.

John Cleese tem uma opinião diferente. Tal como demonstra neste curto, prático e divertido ensaio, a criatividade é uma competência que todos podemos desenvolver.

A partir da sua experiência enquanto escritor, Cleese partilha a sua visão sobre a natureza do processo criativo e oferece conselhos sobre como começar a fazer fluir a torrente de criatividade que tem dentro de si. O que precisa de fazer para entrar no estado de espírito adequado para criar? Como saber que teve uma ideia que vale a pena perseguir? O que fazer quando sente que está bloqueado?

Todos podemos ser mais criativos. John Cleese ensina-nos a consegui-lo.

Ler menos
Colecção
OBJECTIVA
Páginas
112
Idade recomendada
Adultos
Formato
Capa mole
Idioma
PT
Data de publicação
2021-10-21
Autor
John Cleese
Editora
OBJECTIVA
Colecção
OBJECTIVA
Páginas
112
Idade recomendada
Adultos
Formato
Capa mole
Idioma
PT
Data de publicação
2021-10-21
Autor
John Cleese
Editora
OBJECTIVA
9789897843914
2021-10-21
John Cleese
John Cleese
Ver mais
John Cleese nasceu em Weston-super-Mare em 1939. Estudou no Clifton College e em Cambridge e alcaNçou o seu primeiro sucesso no West End como guionista e artista com The Frost Reporter. Mais tarde, seria... Ler mais

John Cleese nasceu em Weston-super-Mare em 1939. Estudou no Clifton College e em Cambridge e alcaNçou o seu primeiro sucesso no West End como guionista e artista com The Frost Reporter. Mais tarde, seria co-fundador do icónico grupo de comédia Monty Phyton, para o qual escreveu e interpretou séries de televisão e filmes, de que se destacam Monty Phyton e o Cálice Sagrado e A vida de Brian. Nos anos setenta, em colaboração com Connie Booth, sua primeira mulher, escreveu e protagonizou o clássico de televisão Fawlty Towers. Anos depois, escreveu Um peixe chamado Wanda e Fierce Creatures, filmes em que também atuou, e participou em vários filmes de James Bond e Harry Potter, bem como em inúmeras séries de televisão.

Ler menos
Ver mais
Suscríbete a nuestras novedades editoriales

Actualidad

Artículos relacionados con este libro

Reseñas

Reseñas

Não há opiniões
Artigo adicionado à wishlist