• Em promoção!
Febre e lança (O teu rosto amanhã 1)

Febre e lança (O teu rosto amanhã 1)

ALFAGUARA , Setembro 2017
Pertence à série "O teu rosto amanhã"

A obra-prima de Javier Marías, finalmente publicada na íntegra em Portugal.
Um dos mais importantes empreendimentos literários do nosso tempo.

Um romance grandioso e monumental, em três volumes.

Pertence à série "O teu rosto amanhã"
«Uma pessoa nunca devia contar nada», começa por dizer o narrador desta história: Jaime ou Jacobo ou Jacques Deza. E, no entanto, a sua tarefa vai ser precisamente a de contar: contar tudo, até mesmo o que ainda não aconteceu. O protagonista deixa Madrid e regressa a Inglaterra, em cuja Universidade de Oxford tinha leccionado muitos anos... Ler mais

«Uma pessoa nunca devia contar nada», começa por dizer o narrador desta história: Jaime ou Jacobo ou Jacques Deza. E, no entanto, a sua tarefa vai ser precisamente a de contar: contar tudo, até mesmo o que ainda não aconteceu.

O protagonista deixa Madrid e regressa a Inglaterra, em cuja Universidade de Oxford tinha leccionado muitos anos antes, o que lhe convém até por razões pessoais, para se afastar da ex-mulher e dos filhos. É aí que reencontra Sir Peter Wheeler, um velho professor reformado «com demasiadas recordações», e descobre pertencer a um reduzido grupo de pessoas que possuem um raro «dom», ou uma maldição: o de ler as consciências e antever o que as pessoas farão no futuro, o de saber quem será leal e quem entrará na trincheira dos traidores, o de ver hoje como serão os rostos de amanhã. É então contratado por um grupo obscuro, associado aos Serviços Secretos britânicos, e será chamado a opinar sobre todo o tipo de pessoas, desde políticos e celebridades a cidadãos comuns.

Entre a intimidade do casamento de Deza e as traições mortais da Guerra Civil Espanhola, Javier Marías tece uma história densa e apaixonante, que nada fica a dever aos melhores romances de espionagem. Pelo caminho, como no conjunto da sua obra, tece uma reflexão extraordinária sobre a natureza humana. Até que ponto podemos conhecer realmente os outros? E seremos capazes, nesse intento, de nos salvar da febre e da dor?

Sobre O teu rosto amanhã:
«Uma das obras maiores da literatura contemporânea... É obrigatório abrir este livro.»
Ali Smith, The Sunday Telegraph

«Esta trilogia é um dos grandes romances da nossa época.»
Antony Beevor

«Assombroso. A força narrativa é torrencial: desde o arranque deslumbrante, que desenha o conflito do narrador e protagonista, aos círculos sucessivos em que se desdobra o romance. É uma obra de ficção que perdura.»
Ana Rodríguez Fischer, Babelia

Sobre a obra de Javier Marías:
«Javier Marías é um dos mais importantes escritores vivos.»
Claudio Magris

«De longe o melhor prosador espanhol contemporâneo. Um enorme escritor.»
Roberto Bolaño

«Entre os escritores que deveriam receber o Nobel, está Javier Marías.»
Orhan Pamuk

«Um dos melhores escritores europeus contemporâneos.»
J. M. Coetzee

«Utiliza a linguagem como um anatomista usa o bisturí, deixando a nu os mais íntimos segredos do ser humano.»
W. G. Sebald

«Um escritor de génio.»
Charles Baxter

«Um escritor profundamente necessário, um cavaleiro andante, divertido, incisivo, cheio de ira e de amor.»
The Guardian

«Para os que amam o romance como foma literária e não apenas como entretenimento, Javier Marías é, sem dúvida, o escritor mais gratificante da actualidade. Ninguém, desde Henry James, utilizava a frase com tanta eficácia para explorar o funcionamento da psique humana.»
New Statesman

Ler menos
Colecção
ALFAGUARA
Páginas
416
Serie-Saga
O teu rosto amanhã
Idade recomendada
Adultos
Formato
Capa mole
Idioma
PT
Data de publicação
2017-09-01
Autor
Javier Marías
Editora
ALFAGUARA
Colecção
ALFAGUARA
Páginas
416
Serie-Saga
O teu rosto amanhã
Idade recomendada
Adultos
Formato
Capa mole
Idioma
PT
Data de publicação
2017-09-01
Autor
Javier Marías
Editora
ALFAGUARA
9789896653217
2017-09-01
Não há opiniões
Javier Marías
Javier Marías
Ver mais
Javier Marías nasceu em Madrid, em 1951. É um dos mais destacados escritores espanhóis da actualidade. É autor, entre outros romances, livros de contos e de ensaio, de vários romances publicados em Portugal pela... Ler mais

Javier Marías nasceu em Madrid, em 1951. É um dos mais destacados escritores espanhóis da actualidade. É autor, entre outros romances, livros de contos e de ensaio, de vários romances publicados em Portugal pela Alfaguara: Berta Isla (Prémio da Crítica), Assim começa o mal, Os enamoramentos (Prémio Giuseppe Tomasi di Lampedusa, Prémio Qué Leer), Coração tão branco (Prémio da Crítica em Espanha, Prix l'Oeil et la Lettre, IMPAC Dublin Literary Award), Amanhã na batalha pensa em mim (Prémio Fastenrath, Prémio Rómulo Gallegos, Prix Fémina Étranger), Todas as almas, além da trilogia O teu rosto amanhã e do volume de contos Não mais amores.

Pelo conjunto da sua obra, recebeu vários prémios: Em 1997, o Prémio Nelly Sachs, em Dortmund; em 1998, o Prémio Comunidad de Madrid; em 2000, os prémios Grinzane Cavour, em Turim, e Alberto Moravia, em Roma; em 2008, os prémios Alessio, em Turim, e José Donoso, no Chile; e, em 2011, o Prémio Nonino, em Udine, e o Prémio Literário Europeu.

Entre as traduções de sua autoria, destaca-se a de Tristram Shandy. Foi professor na Universidade de Oxford e na Universidade Complutense de Madrid.

A sua obra encontra-se publicada em quarenta idiomas e cinquenta países, com oito milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

Ler menos
Ver mais
Subscreva a nossa newsletter de novidades editoriais

Série

Livros da série

Actualidad

Artigos relacionados com este livro

Opiniões

Opiniões

Não há opiniões
Artigo adicionado à wishlist