• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

14,31

Preço fixo até 31/03/2019 (?)

Preço livre (?)

1933 foi um mau ano

«Foi mau, o Inverno de 1933. Avançando penosamente naquela noite por entre labaredas de neve, com os dedos dos pés a arder e as orelhas em chamas, a neve a revolutear à minha volta como um bando de freiras raivosas, parei abruptamente. Chegara a hora de pensar bem. Com bom ou mau tempo, havia certas forças no mundo que se conjugavam para tentar destruir-me.»

«Fante teve uma grande influência em mim. Fante era o meu deus.»
Charles Bukowski

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Autor(a) John Fante

ISBN 9789896652012

Data de publicação Abril de 2017

Páginas 112

Dimensões 150x235mm

Género Ficção, Literatura

Partilhar

A um ano de terminar o liceu, Dominic Molise não vê o dia de sair da casa familiar, onde dominam a figura do pai, um pedreiro dado a aventuras extraconjugais, e a mãe beata, que jura ver a Virgem Maria no galinheiro do quintal.

Dominic sonha ser uma estrela do baseball, agraciado com grandes vitórias, o reconhecimento público e um grande amor. Mas, em vez disso, está preso numa cidadezinha dilacerada pela pobreza, numa família em que tudo o que se espera é que os filhos façam o mesmo que os pais e os avós. Se a ambição de jogar baseball parece cada vez mais distante, os assuntos do coração também não lhe correm de feição.

A história de um jovem dividido entre a tradição e a liberdade, entre a família e a autodeterminação, numa sociedade ressequida por uma devastadora crise económica. A história da luta de um indivíduo que personifica a luta de toda uma classe no tempo da Grande Crise Económica dos anos 30. Um romance cómico e comovente sobre a juventude e a sua dissolução na vida adulta.


Sobre 1933 foi um mau ano:
«Os romances de John Fante são do melhor que a literatura americana alguma vez produziu.»
Charles Bukowski

«Um pequeno romance muito provocador.»
The New Yorker

«Diferente, elegante e divertido.»
The List

«A escrita de Fante tem uma originalidade que deveria envergonhar muitos autores dos nossos dias.»
Sunday Herald

«Desilusão, frustração, alienação, desadaptação e angústia existencial são marcas recorrentes nas obras de autores de culto, e John Fante é um excelente exemplo disso.»
The Times

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “1933 foi um mau ano”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados