PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL

(em compras superiores a 15€)

PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL (em compras superiores a 15€)

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

22,46

Preço fixo até 30/04/2024 (?)

Preço livre (?)

Aniquilação

O novo romance de Michel Houellebecq , o mais célebre e mais polémico escritor francês contemporâneo.

A partir de uma perspetiva tão sombria quanto humanista, a narrativa observa as convulsões da sociedade, os altos e baixos da condição humana, e perscruta o mistério do sentido da vida. Uma obra crepuscular e comovente, que permite entrever um raio de luz e esperança no futuro.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Tradutor(a) José Mário Silva

ISBN 9789897845383

Data de publicação Maio de 2022

Edição atual 1.ª

Páginas 648

Apresentação Capa mole

Dimensões 150x235x41mm

Género Ficção, Literatura

Partilhar

Aniquilação projeta diante do leitor um futuro próximo, à luz melancólica do declínio do Ocidente, um dos grandes temas de Michel Houellebecq.

O romance abre com uns bizarros vídeos que se tornaram virais online num deles, o ministro da Economia francês é guilhotinado. Logo a seguir, há uma série de atentados terroristas. Estes acontecimentos lançam o alarme em França, onde decorre uma fervorosa campanha para as eleições presidenciais, na qual reconhecemos vários dos peões do jogo político europeu atual. Qualquer semelhança com pessoas reais é puramente deliberada.

O protagonista, Paul Raison é uma personagem maior que a vida. Alto funcionário ministerial, aproxima se dos cinquenta anos e acomodou se à miséria afetiva e sexual. Prudence a sua mulher, tornou se vegan e adepta do Wicca, um movimento religioso neopagão. O casal vive num apartamento em Paris, onde se cruza cada vez menos

É a partir deste cenário que Aniquilação entretece dois fios distintos o público e o privado mostrando se simultaneamente como thriller político e reflexão metafísica. Michel Houellebecq distancia se aqui do niilismo de que tantas vezes o acusam.

Os elogios da crítica:

Mais do que nunca, a escrita de Houellebecq procura fundar se não uma esperança pelo menos novos valores. […] Em pleno vigor das suas forças, propõe-nos uma moral que torna possível habitar o mundo e suportar a vida.» Le Monde

«O romance mais delicado, mais melancólico e mais sensível de Houellebecq. Não se demorem a lê-lo.» —Charlie Hebdo

«A obra-prima do autor e o grande acontecimento literário do ano.» La Libre Belgique

«O escritor francês mais famoso do mundo atual regressa com um grande romance sobre os males da sociedade de hoje. Um romance virtuoso sobre um mundo à beira do caos.» Le Figaro

«Aniquilação é uma narrativa frondosa, com múltiplos arcos narrativos, repleta de referências literárias, artísticas, tecnológicas e médicas. A estrutura é particularmente bem esculpida, oferecendo ao leitor uma notável fluidez de leitura. […] Por baixo da aparente suavização narrativa, poderosas correntes percorrem o livro, levantando grandes questões sobre o mistério e o sentido da vida, nada menos do que isso, do ponto de vista individual, conjugal, familiar, de amizade e coletivo.» Jan Le Bris de Kerne, Público

«Ao oitavo romance, a estrela da literatura francesa leva-nos consigo numa torrente longa e atribulada, entre dramas familiares, uma epopeia política e o ativismo terrorista. Uma narrativa diabolicamente houellebecquiana.» L’Express

«O que me impede de ler os livros de Houellebecq […] é uma espécie de inveja. Não porque inveje o seu sucesso, mas porque ler esses livros […] obrigar-me-ia a contemplar quão excelsa pode ser uma obra e quão inferior é o meu trabalho.» Karl Ove Knausgård

«Se há alguém hoje, na literatura mundial, que reflete sobre a enorme transformação que está em curso sem que tenhamos recursos para a analisar, é Houellebecq.» Emmanuel Carrère

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Aniquilação”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados