• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

19,71

Preço fixo até 31/10/2019 (?)

Preço livre (?)

Verdade tropical

Espécie de autobiografia, Verdade tropical é uma obra incontornável para quem procura conhecer Caetano Veloso. Idealizador do projecto Tropicália, Caetano nasceu como músico e compositor «mais ou menos involuntariamente», no seio de toda uma geração de artistas em efervescência contra os anos de chumbo impostos pela ditadura militar.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Autor(a) Caetano Veloso

ISBN 9789896653620

Data de publicação Novembro de 2017

Páginas 600

Dimensões 145x230mm

Partilhar

As memórias de Caetano partem da infância em Santo Amaro, na Bahia - onde leu Clarice Lispector, ouviu João Gilberto e se apaixonou pela primeira vez -, atravessam a adolescência, a prisão em 1968, o exílio em Londres, compondo no seu conjunto um extraordinário panorama do Brasil e um fascinante retrato do artista. Publicado pela primeira vez em 1997, quando Caetano cumpria 55 anos, o livro foi agora revisitado por ele, no ano em que cumpre 75. No balanço, Caetano debruça-se sobre o seu percurso pessoal, musical e literário e faz um acerto de contas com a sua vida e a do seu país. Com absoluta franqueza, aguda provocação e um estilo muito próprio de empregar a língua portuguesa, Caetano dá mais uma prova da sua capacidade única e incomparável de nos emocionar com a palavra, expondo a sua «própria verdade».
Sobre Verdade tropical: «Este livro (ou Caetano) mistura memórias, reflexões e intuições poderosas para fazer uma releitura sensível de vários tempos brasileiros.» Milton Hatoum «Verdade tropical ressoa e permanece excitante intelectualmente. E mais: são poucos os artistas brasileiros em qualquer área que conseguiram compor essa mescla tão bem arquitetada de pessoal e universal, de anedota e discussão estética. Caetano, hoje aos 70, continua tendo muito a dizer.» Leandro Sarmatz, editor «Em plena grande confusão contemporânea, Caetano Veloso se revela muito mais lúcido do que idiossincrático (como poderiam fazer temer algumas facetas de sua persona pública) e tão moderno quanto fundamentalmente (em mais de um sentido) ´de esquerda´, em que pese a falta de qualquer ranço ideológico dificultar tal identificação para os que dele dependem.» Luis Dolhnikoff, Sibila, revista de poesia e crítica literária

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Verdade tropical”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados