14,99 

Um Terrível Verdor

Um magistral labirinto literário e ensaístico, um livro impermeável a categorias sobre a estreita ligação entre a ciência, o génio, a loucura e a destruição.

Nova edição revista e aumentada pelo autor.

Finalista do International Booker Prize e do National Book Award

Um dos 10 melhores livros do ano de 2021 pelo New York Times Book Review

784 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características

Chancela Elsinore

Tradutor Guilherme Pires
ISBN 9789897875533
Data de publicação Fevereiro de 2024
Edição atual 1.ª
Páginas 192
Apresentação capa mole
Dimensões 153x235mm

Coleção Elsinore

Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

Poderá a resolução das equações de Einstein levar à contemplação de um abismo inimaginável para a mente humana? Ou a descoberta de uma fórmula salvar a humanidade da fome e, ao mesmo tempo, servir como uma das mais diabólicas armas de destruição do nazismo? Ou ainda o sonho do absoluto conduzir ao mais terrível dos pesadelos?

Em cinco magistrais relatos, cruzando ficção e História, horror e beleza, Benjamín Labatut compõe um labirinto literário e ensaístico a partir da história de químicos, físicos e matemáticos como Fritz Haber, Alexander Grothendieck ou Werner Heisenberg, personalidades esquivas e excêntricas, no limbo entre o génio e a loucura, que revolucionaram o século xx, marcando o momento em que a humanidade deixou de entender o mundo. Um livro estranho sobre ideias estranhas, impermeável a categorias, que se embrenha em domínios tão inacessíveis como os buracos negros e a mecânica quântica, e os transforma em literatura.

Tradução de Guilherme Pires

Os elogios da crítica:

«Os limites do conhecimento humano: eis o território em que Labatut, com verve e extraordinário vigor intelectual, circula neste livro admirável.»
José Mário Silva, Expresso

«Tão condensado e potente como uma cápsula de cianeto; um veneno cuja história da sua origem ocupa grande parte do capítulo de abertura, a primeira de muitas incursões pelas maravilhas e horrores desencadeados pela ciência nos últimos séculos… Uma meditação em prosa próxima da obra de W. G. Sebald ou de Olga Tokarczuk.»
The New Yorker

«Um livro – tão assombroso quanto erudito – que insiste obstinadamente em relacionar as maravilhas do avanço científico com as atrocidades da História.»
Wall Street Journal

«O livro mais estranho e original que li nos últimos anos. (…) [capaz de] transformar um relatoda matemática e das ciências modernas em algo tão sinistro como uma notável história de fantasmas.»
New Statesman

«Totalmente hipnotizante e revelador… Completamente fascinante.»
William Boyd

«Labatut escreveu um romance distópico de não-ficção que se desenrola não no futuro, mas no presente.»
John Banville

Do mesmo autor
Nenhum resultado encontrado.
Outras sugestões

15,71 

O que é meu

14,93 

A Borra do Café

19,75 

E, de Repente, a Alegria

15,29 

Eternidade

17,96 

Mulheres

14,99 

O paraíso segundo Lars D. (Trilogia dos Lugares Sem Nome 2)

Artigos relacionados com o autor
Nenhum resultado encontrado.