PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL

(em compras superiores a 15€)

PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL (em compras superiores a 15€)

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

17,99

Preço fixo até 31/12/2023 (?)

Preço livre (?)

O Amor Venceu

(1 avaliação)

Primeiro romance espiritual de Zibia Gasparetto, ditado por Lucius, e que marcou o início de uma longa carreira enquanto autora, com milhões de livros vendidos e muitas mais almas tocadas pelas suas palavras.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Autor(a) Zibia Gasparetto

ISBN 9789895649396

Data de publicação Janeiro de 2022

Edição atual 1.ª

Páginas 432

Apresentação Capa Mole

Dimensões 150x230x27mm

Partilhar

Autora com mais de 17 milhões de livros vendidos em todo o mundo.

Uma apaixonante história de amor que, embora seja passada no antigo Egito, atravessa todos os tempos.

Tendo como cenário o Antigo Egito, por volta do ano 1200 a. C., durante a fascinante época dos faraós, O Amor Venceu conta-nos a história da bela Nalim, uma princesa escravizada pelo guerreiro Pecos e que, por isso mesmo, tenciona vingar-se do seu opressor. Se esse plano inicial estava delineado, a envolvente narrativa vem demonstrar que a vida, sábia nas suas lições, aproveita todas as oportunidades para estreitar os laços entre as pessoas. E, no final, mesmo depois de todos os obstáculos, é o amor que sai vencedor.

Uma história surpreendente, que deu já mote a diversas representações teatrais, e que não só revela o lado mais perverso do ser humano, com a inveja, a procura do poder e a vingança, mas também nos oferece a luz do perdão, da fé e da esperança.

1 avaliação

  1. Empregado

    O novo romance de Manuel Vilas, autor do aclamado Em tudo havia beleza . Uma historia de amor em tempos estranhos. No meio de uma crise a escala mundial, uma mulher e um homem tentam regressar ao amor e ao erotismo, esse lugar misterioso onde os seres humanos procuram o sentido mais profundo da vida. Um classico redescoberto. Um romance surpreendente, uma voz desconcertante. Comparada a autoras como Lucia Berlin, Tove Ditlevsen, Ottessa Moshfegh e Clarice Lispector, Aurora Venturini, recentemente desaparecida, era uma figura singular da cultura argentina. Descendente de Giuseppe Tomasi di Lampedusa, exilou-se em Paris, onde estudou com Simone de Beauvoir e Albert Camus. Com este romance, venceu um concurso literario anonimo, conquistando o juri pela frescura e inventividade da voz narrativa.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados