APROVEITE ATÉ 31 DE AGOSTO – PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL

APROVEITE ATÉ 31 DE AGOSTO – PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

16,92

Preço fixo até 30/09/2022 (?)

Preço livre (?)

100 mulheres imigrantes que mudaram o mundo

(1 avaliação)

Histórias de Adormecer para Raparigas Rebeldes está de volta com as histórias inspiradoras de 100 mulheres imigrantes que fizeram a diferença

RECOMENDADO PELO PNL - PLANO NACIONAL DE LEITURA

Esgotado

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Autor(a) Elena Favilli

ISBN 9789897840746

Data de publicação Outubro de 2020

Edição atual 2.ª

Páginas 224

Apresentação capa dura

Dimensões 170x240mm

Coleção Raparigas Rebeldes

Disponibilidade Temporariamente Esgotado na Editora. Ver outras Lojas

Partilhar

Chegou o terceiro volume da coleção bestseller Histórias de Adormecer para Raparigas Rebeldes, cujas histórias adormecem raparigas decididas e apaixonadas e acordam o mundo para a realidade.

Histórias de Adormecer para Raparigas Rebeldes: 100 mulheres imigrantes que mudaram o mundo reúne cem biografias de mulheres imigrantes que deixaram o seu país natal por diferentes motivos: algumas em busca de novas oportunidades, outras por necessidade.

Neste livro, ficarás a conhecer a história de nomes como Carmen Miranda, Rihanna, Madeleine Albright, Asma Khan, entre muitas outras.

De chefs a cirurgiãs, de músicas a políticas, passando por campeãs de judo ou xadrez, estas extraordinárias mulheres vão inspirar raparigas de todo o mundo para que sigam os seus sonhos, onde quer que estes as levem.

Os elogios da crítica:

«Este livro maravilhoso mostra às raparigas que podem ser tudo o que quiserem.» - Melinda Gates

«Leitura essencial para raparigas e até para rapazes; as crianças que lerem este livro antes de dormir terão, garantidamente, sonhos extraordinários e muito inspiradores.» - Fiona Noble, The Guardian

«Leitura obrigatória para todas as raparigas e mulheres deste mundo.»  - Geri Strengel, Forbes

1 avaliação

  1. marinaa.marques.98

    𝑴𝒐𝒔𝒕𝒓𝒂𝒏𝒅𝒐 𝒂 𝒏𝒐́𝒔 𝒎𝒖𝒍𝒉𝒆𝒓𝒆𝒔 (𝒆 𝒏𝒂̃𝒐 𝒔𝒐́) 𝒅𝒐 𝒒𝒖𝒆 𝒔𝒐𝒎𝒐𝒔 𝒄𝒂𝒑𝒂𝒛𝒆𝒔, nunca nos devemos focar no “impossível”, que as mulheres são mais ou menos que algo, 𝒆 𝒒𝒖𝒆 𝒂 𝒏𝒐𝒔𝒔𝒂 𝒏𝒂𝒄𝒊𝒐𝒏𝒂𝒍𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆 𝒐𝒖 𝒆𝒕𝒏𝒊𝒂 𝒏𝒂̃𝒐 𝒕𝒆𝒎 d𝒆 𝒔𝒆𝒓 𝒎𝒆𝒅𝒊𝒅𝒂 𝒅𝒆 𝒄𝒂𝒑𝒂𝒄𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆 para nós, enquanto mulheres! ⠀

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados