• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

14,31

Preço fixo até 31/05/2019 (?)

Preço livre (?)

A língua de fora

Esta fábula sobre a formação e a evolução da língua portuguesa prende-nos à leitura, desde a primeira página, pela insuperável originalidade e pelo insólito humor do texto. Porém, mais do que isso, mostra-nos a importância da resistência à opressão; mostra-nos o valor de todas as formas de liberdade; o valor da união.

Esta narrativa é uma lição - gramatical e de vida - de que nunca mais te irás esquecer.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Autor(a) Juva Batella

ISBN 9789896652371

Data de publicação Junho de 2017

Páginas 360

Dimensões 150x230mm

Partilhar

Era uma vez, num reino longínquo, um rei tirano, uma princesa prisioneira e um jovem revolucionário.

À partida, este parece o início de uma história como tantas outras. No entanto, quando o jovem revolucionário é o Tom Coloquial, a princesa prisioneira é a Língua Portuguesa e o rei tirano é o Verbo, fica legítimo desconfiarmos de que esta não é uma história de encantar vulgar. No Reino das Palavras Contadas, a luta pela libertação da língua e pela liberdade de expressão é real - e literal! Pelo meio - como em todas as histórias -, nasce, sim, uma paixão eterna, rebenta uma guerra civil e decide-se o futuro de uma língua.

Se tens dificuldade em perceber o quem é quem da gramática portuguesa, distinguir as Gírias das Metáforas, o Purismo do Preciosismo e o Pleonasmo do Eufemismo, depois de leres A língua de fora tudo te parecerá, pleonástica e metaforicamente, claro como água.

«- Quem consegue ler aqueles poemas nas estrelinhas entende tudo o que está

por trás - disse o Barbarismo.

- Não é ler nas estrelinhas, seu tapado! - gritaram as Gírias.

- É entrelinhas! Ler nas entrelinhas! És uma besta com um cérebro

de barata...»


Sobre A língua de fora:

«Um Verbo ditador, uma Língua Portuguesa prisioneira e um herói apaixonado - uma guerra pela liberdade da palavra travada nos bosques da ficção.»

Vinícius Jabotá

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “A língua de fora”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados