• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

16,92

Preço fixo até 31/01/2022 (?)

Preço livre (?)

A reclusa

Livro recomendado por

New York Post *Vanity Fair * BBC

Hipnótico, explosivo e obsessivo

Carregado de acção e inteligente, A reclusa é uma reflexão íntima e emocionante sobre a liberdade e o risco, o poder masculino e feminino e os desejos de corrupção e redenção que habitam em todos nós.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

ISBN 9789896655549

Data de publicação Fevereiro de 2020

Páginas 296

Dimensões 150x230mm

Partilhar

Miranda Greene planeia morrer em Maio de 1999 nas instalações do estabele- cimento correccional de Milford Basin, Nova Iorque. Resta-lhe cumprir mais cinquenta e dois anos de prisão por assassinato em segundo grau, sem possibilidade de liberdade sob fiança, por um acidente estúpido que nem sequer foi ela a provocar. Mas, para além de ser julgada por um juiz duro, ela era filha de um ex-congressista. Miranda tenciona ir às consultas do psiquiatra da cadeia e guardar os comprimidos que este lhe ministra até ter a quantidade necessária para pôr fim à vida. Frank Lundquist é psiquiatra e trabalha na prisão. Antes disso, tinha um consultório particular, de sucesso, em Manhattan e casara com a mulher que amava. Perdeu tudo por causa de um terrível acidente que não provocou, apesar de se sentir culpado. Quando Frank vê Miranda pela primeira vez, reconhece-a de imediato. No entanto, o mesmo não acontece com Miranda. Tinham feito o secundário juntos e Frank passara anos completamente apaixonado por ela. Dentro dos muros da prisão, Miranda está desesperada, atormentada pelas lembranças de uma tragédia infantil, diante de um legado familiar de moral e decisões políticas duvidosas, e ainda tentando libertar-se do amor desastroso que levou à sua queda. E também está obstinadamente determinada a manter algum controlo sobre o seu destino. Frank tornar-se-á uma poderosa esperança de absolvição e, quem sabe, até de fuga.
Os elogios da crítica: «Neste engenhoso thriller psicológico, Immergut esconde-se na cabeça das suas duas personagens. A Reclusa começa como um retrato psicológico incisivo de dois indivíduos incompatíveis e transforma-se num thriller implacável.» Publishers Weekly «Uma narrativa a duas vozes, rápida e inteligente. A Reclusa dissolve e reconstrói as noções das suas personagens sobre o que uma reclusa deve à prisão ou um médico deve a uma paciente.» The New York Times Book Review «O livro acelera em direcção a um final inesperado que questiona a ideia do certo e do errado. A velocidade da trama nunca diminui. Immergut cria uma história interessante, com personagens complexas e credíveis.» Kirkus Reviews «Com o seu vaivém de emoções quixotescas, a impressionante estreia de Immergut é um drama psicológico tenso que explora a contemplação subtil de um futuro inimaginável e de um passado indescritível.» Booklist «A história não me decepcionou... É tortuosa, fascinante e difícil de deixar de ler. Immergut dava cursos de escrita nas prisões, e nota-se a sua experiência em ambos os assuntos.» Glamour «A Reclusa é um thriller psicológico fascinante sobre quão longe podemos ir para salvar as pessoas de si mesmas# Uma montanha-russa que o manterá preso até a última página.» Bitch Magazine «Começa como um retrato incisivo de duas pessoas que se encontram num momento de fragilidade, mas, lentamente, desenrola-se para uma fuga com uma surpreendente reviravolta final.» Vanity Fair

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “A reclusa”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados