• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

16,97

Preço fixo até 29/02/2024 (?)

Preço livre (?)

O Circo das Maravilhas

(2 avaliações)

Bestseller #1 The Times

A história apaixonante de uma rapariga marcada pela diferença e da sua luta pela autodeterminação.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

ISBN 9789895649402

Data de publicação Março de 2022

Edição atual 1.ª

Páginas 384

Apresentação Capa Mole

Dimensões 150x230x24mm

Partilhar

1866. Numa aldeia costeira em Inglaterra, Nell é colocada à margem pela comunidade devido aos sinais de nascença que lhe salpicam a pele. Até que chega à aldeia o Circo das Maravilhas de Jasper Jupiter, a quem o pai de Nell vende a filha pela quantia de 20 libras. Vendo bastante potencial nesta rapariga leopardo, Jasper concebe um número só para ela.

Em Londres, Nell é agora descrita como a oitava maravilha do mundo. À medida que a sua fama aumenta, ela descobre no circo e em Toby, o irmão de Jasper, uma nova família. Mas o que acontece quando a sua fama ameaça eclipsar a do diretor do circo que a comprou?

Movendo-se entre os jardins de recreio da Londres vitoriana e os cenários da Guerra da Crimeia, esta é uma história bela e envolvente sobre poder e liberdade, fama, amor e a ameaça da invisibilidade.

Os elogios da crítica:

«A Fábrica de Bonecas foi um sucesso. Brilhantemente escrito e repleto de personalidade e vida, este segundo livro consolida a reputação de Elizabeth Macneal como um novo talento.» — The Times

«As personagens complexas de Elizabeth Macneal permitem questionar como a sociedade trata a diferença, o preço do poder e da vaidade, e a busca pela emancipação. Uma leitura cativante.» — The Independent

2 avaliações

  1. Margarida Brito

    “O Circo das Maravilhas” tornou-se facilmente num favorito. E depois de o ter visto no @hmbookgang sabia que tinha mesmo o ler é que seria espetacular.
    Um livro inspirado nos circos de aberrações que nos transporta rapidamente para aquela época é que chega a arrepiar de tão real que parece.

    Neste livro conhecemos Nell, uma rapariga com vitiligo, que é vendida pelo próprio pai ao circo que está a passar pela cidade, por ser considerada uma aberração pela sua pele às manchas como um leopardo.

    Numa história contada em vários pontos de vista, vamos conhecendo a história deste circo, como surgiu e de como apesar de Nell ser considerada uma aberração, ela abraça essa sua realidade e trás o melhor partido da situação ao de cima, superando-se.
    Adorei conhecer a Nell e não só, há tantas outras personagens fantásticas neste livro, que acabam por nos tocar. pois apesar de este livro ser ficção, acaba por ser inspirado (e percebemos isso na nota final da autora) no que realmente aconteceu nessa época. Fez-me muito lembrar o filme “The Greatest Showman”, um filme que eu adorei também.

    Acabei as últimas páginas com um sentimento de revolta interno, de como as aparências continuam a ser, nos dias de hoje, o que importa à sociedade e a forma como ainda hoje continuamos a ser fortemente julgados quando algo nos distingue dos demais. Penso que foi também essa a mensagem que a autora quis transmitir.

    Para mim: uma leitura obrigatória!

  2. leraospoucos

    Os espetáculos de horrores ficaram famosos na era Victoriana. Eram uma forma de entretenimento para todas as classes sociais. Os chamados shows de aberrações, em que se transformavam pessoas que eram excluídas pela sociedade em verdadeiras estrelas.

    Neste livro conhecemos Nell, uma jovem que, por ter manchas no corpo, foi vendida pelo próprio pai ao Circo das maravilhas de Jasper Juniper. Como Nell, também muitas outras pessoas que eram marginalizadas, tinham o mesmo fim.

    Gostei imenso desta história, tem um enredo original com personagens muito vívidas. E toda a atmosfera do circo está muito bem conseguida, sem ser cansativa.

    A autora consegue explorar as lutas internas das personagens. Quem era posto de lado consegue alcançar um certo estrelato, e as mesmas pessoas que os excluíram são as que alimentam o seu sucesso. Mas na verdade, estas nunca conseguem ser “normais”, que no fundo é o que mais desejam. Nesta narrativa, são também exploradas várias formas de exercer poder sobre outro indivíduo.

    Nota-se uma boa pesquisa histórica na escrita, tanto a nível da vida na época retratada, como nas descrições da guerra da Crimeia.

    Para além de ter uma capa maravilhosa, este livro tem também uma história muito rica e muito aliciante.

    Fiquei ainda mais curiosa para ler o primeiro livro da autora “A fábrica de bonecas”.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados