Shop

15,98

Preço fixo até 31/01/2024 (?)

Preço livre (?)

O Último Comboio para Key West

(2 avaliações)

Os caminhos de três mulheres em perigo cruzam-se de modo inesperado, quando a força arrasadora da natureza ameaça o arquipélago de Florida Keys.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Autor(a) Chanel Cleeton

ISBN 9789895649419

Data de publicação Fevereiro de 2022

Edição atual 1.ª

Páginas 320

Apresentação Capa Mole

Dimensões 150x230x20mm

Partilhar

Na década de 1930, a cidade insular de Key West é um lugar apetecível para todos os que se deslocam do continente pela Ferrovia da Costa Este da Florida. Mas nem tudo é idílico. Para Helen Berner, ali nascida e criada, o sonho de conseguir sair de um casamento claustrofóbico fala mais alto do que as fabulosas paisagens.

Mirta Perez chegou às Keys em 1935 para passar a lua de mel, depois de ser obrigada a aceitar um casamento arranjado com um desconhecido, devido à situação difícil em que o golpe de Estado em Cuba deixou a sua família. Inegavelmente atraída pelo seu enigmático marido, não tarda a aperceber-se de que os negócios em que ele está envolvido poderão pôr as suas vidas em risco.

Elizabeth Preston viajou desde Nova Iorque com objetivos bem definidos, numa tentativa desesperada de salvar a sua família das dificuldades financeiras resultantes do colapso da bolsa de 1929. Com a ajuda de um aliado improvável, também ele na sua própria demanda, dá por si nos campos de veteranos da Primeira Guerra Mundial, onde encontra mais do que aquilo que procurava.

O que as espera às três é o maior desafio das suas vidas.

Os elogios da crítica:

«O Último Comboio para Key West mistura perigo, intimidade, acontecimentos históricos e suspense num livro tenso e romântico que não queremos que acabe.» — NPR

2 avaliações

  1. Bloguinhas Paradise

    Se por um lado a fantasia é sem dúvida uma das minhas leituras de eleição, os romances acabam por ser para mim uma certa lufada de ar fresco. É sempre bom ler um romance, seja ele mais ou menos profundo. É daquelas leituras que facilmente me desperta um sorriso interior. E, por esse motivo, foi com grande curiosidade que enveredei nesta leitura, com o apoio da Topseller / Grupo Penguin Random House, a quem desde já agradeço.

    Esta é uma obra bastante suis generis. Como nos diz a sinopse, a narrativa desenrola-se em torno de três grandes mulheres – Helen Berner, Mirta Perez e Elizabeth Preston – que, por motivos não relacionados, se encontram em Key West. E confesso que achei esta ideia (a narração de três histórias distintas que, no fim, se entrelaçam) deveras interessante. Cada capítulo inicia-se com o nome de uma delas, e devagarinho vamos conhecendo estas três mulheres, as suas histórias de vida e o que as traz a Key West.

    Apesar de o livro não ser grande para quem conta três histórias, a verdade é que me senti satisfeita com a caraterização das personagens, conseguindo criar empatia com todas elas. No entanto, houve algumas coisas que na minha opinião ficaram um pouco aquém das minhas expetativas: o habitual romance cliché, o leve abordar de temas tão pertinentes como a violência doméstica, os casamentos prometidos, e os traumas da guerra, e o facto de três desconhecidas, apenas pelas aparências, serem capazes de fazer algo para proteger as outras. No entanto, entendo que o objetivo da obra provavelmente seria este mesmo: através do romance, tocar apenas levemente nestes temas.

    Ainda assim, enquanto escrevo esta opinião, dou por mim com um leve sorriso nos lábios. Fico com pena que a leitura tenha terminado e que tenha que me despedir das personagens. Apesar de não ser na minha opinião um livro brilhante, a sua leitura irá agradar os fãs de romance. Uma leitura leve, mas ternurenta, e capaz de envolver o leitor até às últimas páginas. Ficou aqui a curiosidade de ler os outros livrinhos da autora.

    Opinião por Rosana Maia
    https://bloguinhasparadise.blogspot.com/2022/03/opiniao-o-ultimo-comboio-para-key-west.html

  2. Mariana Mendes – @citydixie

    Este livro pode considerar-se parte de uma saga que se inicia com “Até para o Ano, em Havana”, contudo é possível começar por este livro pois ocorre primeiro em termos temporais – é uma espécie de prequela aos restantes, e é belíssimo o facto da autora ter resolvido criar esta obra.

    Esta história ocorre na década de 1930, em Key West, com a sociedade da época ainda a recuperar do colapso da bolsa de 1929; com um novo mundo que surge, graças à ferrovia da costa este da Florida. A tudo isto, junta-se uma tempestade tropical e um furacão… Claro que o caos do mundo vai culminar com o caos das vidas das nossas personagens.
    A escrita da autora é algo de único, adorei a fluidez do diálogo e das descrições, as componentes históricas são riquíssimas e complementam-se na perfeição com a ficção criada.

    É um livro sobre a força que uma pessoa pode ter quando decide viver por si, sem receios ou preconceitos. Apaixonei-me por completo por este enredo, não queria deixar Key West ou estas personagens… Uma leitura que mexeu muito comigo, que me fez refletir e surpreendeu quando menos esperava – amei cada instante 💗

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados