PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL

(em compras superiores a 15€)

PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL (em compras superiores a 15€)

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Autor

Afonso Cruz

Afonso Cruz é o multipremiado autor de romances como Para onde vão os guarda-chuvas ou Jesus Cristo bebia cerveja.

Recebeu, entre outros: Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores; Prémio Fernando Namora; Prémio Sociedade Portuguesa de Autores; Prémio Time Out - Melhor Livro do Ano; Prémio da União Europeia para a Literatura; Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco; Prémio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Brasil (FNLIJ) e Prémio Literário
Maria Rosa Colaço. Assina, desde Fevereiro de 2013, uma crónica mensal no Jornal de Letras, Artes e Ideias sob o título «Paralaxe».

Os seus livros estão traduzidos para mais de vinte línguas.

 

Do mesmo autor

Plano Nacional de Leitura

Géneros

Chancela

Filtrar por preço

A flor e o peixe

14,99

Uma fábula poética inspirada em dois contos de José Saramago,  pela pena de um dos mais premiados escritores portugueses do nosso tempo.

A boneca de Kokoschka

10,76

Esta é uma história sobre a importância do outro. Os destinos cruzados deste romance iluminam o modo como as nossas relações, encontros, criações e circunstâncias formam a nossa identidade, nos fazem crescer e nos permitem, um dia, percebendo que a porta da nossa gaiola está aberta, abrir as asas e, sem recear a liberdade, conquistar um pouco de céu.

FORMATO DE BOLSO, NUMA EDIÇÃO CUIDADA (CAPA DURA)

O vício dos livros

14,99

Um belíssimo livro para quem não pode viver sem livros.

Com texto e ilustrações de Afonso Cruz, um dos mais completos autores portugueses, que surpreende a cada novo livro.

Flores

9,86

Prémio Literário Fernando Namora 2016
Finalista do Prémio APE – Associação Portuguesa de Escritores

De um dos mais aclamados autores portugueses da actualidade, um romance comovente e divertido sobre o amor e a memória.

«Viver não tem nada a ver com isso que as pessoas fazem todos os dias, viver é precisamente o oposto, é aquilo que não fazemos todos os dias.»

Biblioteca de Brasov

14,31

Sexto volume da Enciclopédia da Estória Universal.

Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco/APE
(atribuído a um volume anterior da Enciclopédia da Estória Universal)

Autor aplaudido pelo público e pela crítica, Afonso Cruz é unanimemente considerado um dos melhores autores contemporâneos.

A boneca de Kokoschka

15,71

Esta é uma história sobre a importância do outro.

Os destinos cruzados deste romance iluminam o modo como as nossas relações, encontros, criações e circunstâncias formam a nossa identidade, nos fazem crescer e nos permitem, um dia, percebendo que a porta da nossa gaiola está aberta, abrir as asas e, sem recear a liberdade, conquistar um pouco de céu.

«Não existe mentira na literatura, na ficção, e, digo-lhe mais, não existe verdade na vida real.»

Jalan Jalan

20,96

O mundo, dizem, é um livro. E um livro também pode conter o mundo.

GRANDE PRÉMIO DE LITERATURA DE VIAGENS MARIA ONDINA BRAGA,

ATRIBUÍDO PELA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ESCRITORES

Mil anos de esquecimento

15,30

Quinto volume da Enciclopédia da Estória Universal.

Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco/APE
(atribuído a um volume anterior da Enciclopédia da Estória Universal)

Autor aplaudido pelo público e pela crítica, Afonso Cruz é unanimemente considerado um dos melhores autores contemporâneos.

As reencarnações de Pitágoras

13,05

Quarto volume da Enciclopédia da Estória Universal.

Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco/APE
(atribuído a um volume anterior da Enciclopédia da Estória Universal)

Autor aplaudido pelo público e pela crítica, Afonso Cruz é unanimemente considerado um dos melhores autores contemporâneos.

Flores

12,91

Prémio Literário Fernando Namora 2016
Finalista do Prémio APE – Associação Portuguesa de Escritores

De um dos mais aclamados autores portugueses da actualidade, um romance comovente e divertido sobre o amor e a memória.

«Viver não tem nada a ver com isso que as pessoas fazem todos os dias, viver é precisamente o oposto, é aquilo que não fazemos todos os dias.»

Mar

13,95

Terceiro volume da Enciclopédia da Estória Universal.

Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco/APE
(atribuído a um volume anterior da Enciclopédia da Estória Universal)

Autor aplaudido pelo público e pela crítica, Afonso Cruz é unanimemente considerado um dos melhores autores contemporâneos.

Para onde vão os guarda-chuvas

17,55

«Para onde vão os guarda-chuvas é o ponto mais alto da capacidade narrativa e de efabulação de Afonso Cruz. É fácil cair em jargões para o classificar. O que poderia não passar de um exercício de demonstração de sabedoria é um livro cheio de humanidade, muitas vezes brutal, e de um apurado sentido estético. Magnético.»
Isabel Lucas, Público

Prémio Autores SPA 2014 * Finalista do Prémio APE * Finalista do Prémio Fernando Namora