PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL

(em compras superiores a 15€)

PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL (em compras superiores a 15€)

Autor

Gulbahar Haitiwaji

Gulbahar Haitiwaji nasceu em 1966 em Ghulja, na região de Xinjiang, na China.

Antes de conseguir o estatuto de refugiada política e se fixar em França com o marido e as filhas, em 2016, Gulbahar trabalhava na indústria do petróleo como engenheira.

Em 2017, convocada pelo governo chinês para resolver uma questão administrativa, foi detida à chegada ao aeroporto.

Passou os três anos seguintes num campo de reeducação, de onde só regressou graças aos esforços da sua família e do governo francês.

Esta é a sua história de sobrevivência.

Do mesmo autor

Plano Nacional de Leitura

Géneros

Chancela

Filtrar por preço

Sobrevivi ao Gulag chinês

16,61

DA ACTIVISTA DOS DIREITOS HUMANOS, ESTE É UM TESTEMUNHO DA FORÇA E RESILIÊNCIA DAS MULHERES.

O SILÊNCIO NÃO É UMA OPÇÃO.

O relato de sobrevivência de uma mulher uigur num campo de reeducação chinês.

Rozeen Morgat é jornalista do Figaro, especializada na questão Uigur. É sua a recolha do testemunho, ao vivo, de Gulbahar Haitiwaji.