APROVEITE ATÉ 30 DE SETEMBRO – PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL

(não acumulável com outras promoções)

APROVEITE ATÉ 30 DE SETEMBRO – PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL (não acumulável com outras promoções)

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Autor

José Gardeazabal

José Gardeazabal nasceu em Lisboa, onde vive atualmente. Viveu, trabalhou e estudou em Luanda, Aveiro, Boston e Los Angeles.

Recipiente do Prémio INCM/Vasco Graça Moura, pelo seu livro de poesia história do século vinte, em 2016, publica nesse mesmo ano Dicionário de ideias feitas em literatura. No ano seguinte, lança-se na dramaturgia com a publicação de Trilogia do olhar.

Em 2018, a Companhia das letras lança o seu primeiro romance, Meio homem metade baleia, finalista do prémio oceanos. Dois anos depois, é publicado A Melhor Máquina Viva, que Miguel Real classificaria como «um dos melhores textos de literatura portuguesa de todos os tempos.» e que o jornal Expresso e Público consideram ser um dos melhores livros de 2020.

Quarentena, uma história de amor é o seu terceiro romance.

Do mesmo autor

Plano Nacional de Leitura

Géneros

Chancela

Filtrar por preço

Quarentena – Uma história de amor

14,94

«UMA DAS GRANDES VOZES DA LITERATURA PORTUGUESA.»

José Riço Direitinho, Público

«Quarentena. Uma história de Amor sintetiza tudo o que o leitor tem vindo a viver desde o primeiro confinamento, e estamos seguros – pela sua qualidade literária e originalidade estrutural, e também, pelo testemunho que as páginas sumariam, cristalizará este tempo estranho transfigurado na memória estética da Literatura. Doravante, escrever-se-á muito sobre este livro.»
Miguel Real, Jornal de Letras

Um olhar provocador sobre uma experiência coletiva. Uma introspeção inesperada, à porta fechada, sobre o que é o amor, onde começa, acaba e recomeça. Uma história de amor em 40 dias.

A melhor máquina viva

15,93

Uma reflexão hábil sobre o valor da literatura, uma crítica indiscreta ao capitalismo, a derradeira denúncia da ironia de tudo.

AUTOR FINALISTA DO PRÉMIO OCENOS 2019

E VENCEDOR DO PRÉMIO INCM / VASCO GRAÇA MOURA

«O primeiro romance de José Gardeazabal é um livro profundamente político, alegórico, irónico e aforístico.»

José Riço Direitinho in Público

Meio homem metade baleia

14,85

Uma narrativa notável sobre um mundo em que a desumanização parece irreversível.

Uma revelação da literatura contemporânea.

Autor vencedor do Prémio Imprensa Nacional Casa da Moeda/Vasco Graça Moura.