14,38 

Pedro Páramo

A obra de Juan Rulfo influenciou de forma decisiva autores distinguidos com o Prémio Nobel de Literatura, como Gabriel García Márquez e Octávio Paz.

465 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características

Chancela Cavalo de Ferro

Autor(a) Juan Rulfo

ISBN 9789896232337
Data de publicação Junho de 2017
Edição atual 3.ª
Páginas 132
Apresentação capa mole
Dimensões 225x150x13mm

Coleção Cavalo de Ferro

Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

Plano Nacional de Leitura

Literatura – 15-18 anos – maiores de 18 anos

O seminal Pedro Páramo, de Juan Rulfo, é considerado um dos livros mais influentes, enigmáticos e sublimes da Literatura universal.

Hoje considerada uma Obra Representativa da Unesco e «um dos livros mais influentes do século», a publicação de Pedro Páramo, em 1955, representou um ponto de viragem na literatura hispano-americana e mundial, que ajudou a renovar.

«Álvaro Mutis subiu, a passos largos, os sete pisos da minha casa comum pacote de livros, separou do monte o mais pequeno e curto e disse-me, morto de riso: – Leia isto, carago, para que aprenda! Era Pedro Páramo. Nessa noite não consegui adormecer enquanto não terminei a segunda leitura. Nunca, desde a noite tremenda em que li A Metamorfose, de Kafka, numa lúgubre pensão para estudantes em Bogotá – quase dez anos antes -, eu sofrera semelhante comoção (…).

A obra de Juan Rulfo influenciou de forma decisiva autores distinguidos com o Prémio Nobel de Literatura, como Gabriel García Márquez e Octávio Paz.

Os elogios da crítica:

«A descoberta de Juan Rulfo — tal como a de Franz Kafka — será, sem dúvida, um capítulo essencial das minhas memórias (…) Não são muito mais de trezentas páginas, mas são quase tantas, e creio que tão perduráveis, como aquelas que conhecemos de Sófocles.» — Gabriel García Márquez, Prémio Nobel de Literatura

«[Juan Rulfo] deu-nos uma imagem — não uma descrição — da nossa paisagem. As suas intuições e obsessões pessoais incarnaram-se na pedra e na#poeira. A sua visão deste mundo é, na realidade, a visão de outro mundo.» — Octavio Paz, Prémio Nobel de Literatura

«Um monumento da história da literatura.» — António Manuel Venda, Magazine Artes

«[Pedro Páramo] é uma das melhores novelas das literaturas de língua hispânica e provavelmente da Literatura Universal.» — Jorge Luis Borges

«Um dos livros mais influentes do século.» — Susan Sontag

«Pura criação, dessas que fazem perder o fôlego como se o ar ficasse envenenado.» — Hélia Correia

«Uma obra fundamental do século xx. Há qualquer coisa de sublime em Pedro Páramo.» — Público

Do mesmo autor

13,94 

Planície em Chamas

14,81 

Prosa Curta

10,84 

O Galo de Ouro

Outras sugestões

16,83 

Anoitecer no Paraíso

19,75 

Águas passadas

11,25 

Os enamoramentos (Livro de Bolso)

15,75 

Como desenhar o corpo humano

13,46 

O que é ser uma escritora negra hoje, de acordo comigo

15,29 

Eternidade

Artigos relacionados com o autor
Nenhum resultado encontrado.