PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL

(em compras superiores a 15€)

PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL (em compras superiores a 15€)

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

15,21

Preço fixo até 30/09/2020 (?)

Preço livre (?)

O ano sabático

Uma narrativa vertiginosa sobre a identidade e a memória inspirada em grandes clássicos da literatura e na própria vida do autor.

Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura

Esgotado

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:
Apenas disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Autor(a) João Tordo

ISBN 9789896656829

Data de publicação Outubro de 2018

Páginas 240

Apresentação capa mole

Dimensões 145x230x16mm

Género Ficção, Literatura

Disponibilidade Temporariamente Esgotado na Editora. Ver outras Lojas

Partilhar

O que significa ser único?

Qual é a marca da nossa identidade?

Após anos de vida desregrada no Quebeque, Hugo, um contrabaixista em crise de inspiração, regressa a Lisboa. Vê o regresso como um ano sabático, em que encontrará consolo junto da família e poderá talvez terminar, por fim, uma melodia que não lhe sai da cabeça.

Numa noite em Lisboa, assiste a um concerto de Luís Stockman. Nessa precisa noite, a esperança de encontrar o equilíbrio cai por terra. O pianista no palco é igual a si - no rosto, nos gestos. E nessa noite estreia ao piano um tema que Hugo conhece muito bem: é a melodia que anda há anos a tentar escrever. A semelhança entre os dois músicos é tal que, de um momento para o outro, começam a confundi-lo com o pianista, e a sua própria mãe lança a dúvida. Quem é ele, afinal, se há um outro igual a si, o espelho invertido do seu fracasso?

Hugo mergulha num labirinto de memórias e contradições, procurando o seu duplo, perseguindo a verdade, tão fugidia quanto o que julgava ser a sua essência. É a um amigo do pianista, narrador do livro, que cabe desmontar os acontecimentos e repor a verdade sobre as vidas dos dois músicos, sobrepostas como num espelho.

Inspirando-se numa história verdadeira - a sua própria - e em clássicos como O Duplo de Dostoiévski, O Retrato de Dorian Gray ou mesmo O Homem Duplicado, de José Saramago, João Tordo constrói uma narrativa vertiginosa, onde a verdade escapa ao leitor a cada página.

 

Os elogios da crítica:

«Está aqui o narrador-escritor e aquela costela anglo-saxónica de contar uma história do princípio ao fim, e não lhe negar o suspense. [...] Para ler com a lanterna acesa.» - Ana Dias Ferreira, TimeOut Lisboa

«João Tordo joga habilmente com a imaginação dos seus leitores.» - Marcus Kufner, Buecher Kaffee (Alemanha)

«Tal como o Nobel José Saramago, João Tordo põe em questão, com o seu talento, a crença numa identidade própria à qual nós, os humanos, estamos apegados.» - Jacinta Cremades, Le Monde (França)

«Estou maravilhado com o estilo de escrita do autor.» - Denis Johnson

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O ano sabático”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados