PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL

(em compras superiores a 15€)

PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL (em compras superiores a 15€)

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

11,13

Preço fixo até 31/10/2017 (?)

Preço livre (?)

O paraíso segundo Lars D.

Autor vencedor do Prémio Literário José Saramago.

Segundo volume da Trilogia dos lugares sem nome, O Paraíso segundo Lars D. é uma narrativa inquietante sobre fazer as pazes com a memória e com os afectos.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Autor(a) João Tordo

ISBN 9789896650131

Data de publicação Novembro de 2015

Edição atual 2.ª

Páginas 208

Apresentação capa mole

Dimensões 145x230mm

Género Ficção, Literatura

Partilhar

Numa manhã de Inverno, Lars sai de casa, enxotado por uma dolorosa insónia, e encontra uma desconhecida a dormir no seu carro. Ele é um escritor sexagenário há muitos anos sem vontade de escrever; a rapariga chama-se Gloria e vive os dias conturbados da juventude. Poucas horas mais tarde, Lars parte em viagem com a jovem, deixando para trás um casamento de uma vida inteira e um romance inédito: O luto de Elias Gro.

A mulher de Lars é quem assume as rédeas da narrativa, tal como tentara fazer com a vida do marido, cavaleiro solitário. Refém das memórias, por vezes cómicas, por vezes dolorosas, dos anos vividos com o escritor, a narradora reconstrói uma cartografia emocional do seu casamento, que é afinal um mapa de solidão e de afectos. Com a vida paralisada pela ausência de Lars, o seu caminho cruza-se com o de Xavier, um jovem estudante de Teologia. Juntos, investigarão o paradeiro de Lars e, pelo caminho, explorarão uma certa ideia de Paraíso.

Sobre a obra de João Tordo:

«João Tordo explora os seus temas de maneira brilhante (...) interrogando-se, com o seu talento, pelo fantasma do eu ao qual nós, humanos, estamos há tanto tempo agarrados.» Le Monde

«Um livro desmesuradamente inteligente que testa os limites da verosimilhança entre a vida e a literatura.» Rui Lagartinho, Time Out (sobre Biografia involuntária dos amantes)

«O Prémio José Saramago merece este criador. E João Tordo faz jus pleno a um prémio que leva a notável chancela Saramago.» Nelida Piñon

«Um grande romancista que nos redime do horror, como os grandes mestres, pela força misteriosa da escrita.» António Pedro Vasconcelos, Sol

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O paraíso segundo Lars D.”

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados