• 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

16,92

Preço fixo até 31/12/2023 (?)

Preço livre (?)

O mundo que conhecíamos

(2 avaliações)

À beira da Segunda Guerra Mundial, com o controlo nazi a apertar sobre Berlim, a coragem e o amor de uma mãe oferecem à filha uma oportunidade de sobreviver.

Em stock

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_4
pgn_btn_2
pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Autor(a) Alice Hoffman

ISBN 9789897845000

Data de publicação Janeiro de 2022

Edição atual 1.ª

Páginas 344

Apresentação Capa Mole

Dimensões 150x230x18mm

Partilhar

Bestseller do New York Times

Berlim, 1941. Durante a hora mais negra da Humanidade, três inesquecíveis jovens devem agir com coragem e amor para sobreviver.

Em Berlim, na época em que o mundo mudou, Hanni Kohn sabe que deve mandar embora a filha de 12 anos, para a salvar do regime nazi. O desespero leva-a até Ettie, a filha de um rabino, cujos anos a bisbilhotar perto do pai lhe permitem criar uma criatura judia mística, um golem raro e incomum que jura proteger a filha de Hanni, Lea. Depois de Ava ganhar vida, ela, Lea e Ettie ficam eternamente ligadas, os seus caminhos predestinados a cruzar-se, os seus destinos ligados.

Lea e Ava viajam de Paris, onde Lea encontra a sua alma gémea, para um convento no Oeste de França, conhecido pelas rosas de prata, chegando a uma escola numa aldeia no topo de uma montanha onde três mil judeus foram salvos. Enquanto Ettie permanece escondida, à espera de se tornar a lutadora que está destinada a ser.

Num mundo onde o mal pode ser encontrado em cada esquina, surgem personagens extraordinárias que nos levam numa jornada impressionante de perda e resistência, entre o fantástico e o mortal, num lugar onde todos os caminhos levam ao Anjo da Morte e o amor não tem fim.

Crítica:

«[Um] hino ao poder da resistência, perseverança e amor duradouro em tempos sombrios... profundamente lindo... Hoffman, a contadora de histórias, continua a deslumbrar.» — The New York Times Book Review

2 avaliações

  1. Cristina Delgado

    Fiquei deveras agradada com a trama deste livro! Muito diferente dos tantos que já li sobre o Holocausto, com uma pitada de realismo mágico que me apanhou de surpresa e me conquistou sobremaneira. Adorei a forma como a autora respeitou os acontecimentos, pessoas e organizações e os soube mesclar com uma certa magia. Essa pitada de realismo mágico foi definitivamente a cereja em cima do bolo! Um livro impossível de largar!

  2. Anónimo

    Este é um livro sobre o Holocausto, mas diferente. Na verdade, o realismo mágico acaba por lhe dar uma dimensão que o diferencia, Tanto mais que partimos de uma tradição judaica. A forte pesquisa, o realismo mágico Q.B, e a construção narrativa que nos vai enredando fazem deste livro, um livro que merece ser lido. Obrigada por o partilharem conosco.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados