PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL

(em compras superiores a 15€)

PORTES GRÁTIS PARA PORTUGAL CONTINENTAL (em compras superiores a 15€)

  • 0 Items - 0,00
    • Carrinho vazio.

Shop

18,86

Preço fixo até 31/10/2024 (?)

Preço livre (?)

Verity: Edição de Colecionador

(1 avaliação)

O livro mais inesperado e perturbador de Colleen Hoover.

Agora numa edição de colecionador limitada com um epílogo inédito e exclusivo.

Esgotado

Também disponível em EBOOK nas seguintes lojas:
Apenas disponível em EBOOK nas seguintes lojas:

pgn_btn_3
pgn_btn_5
pgn_btn_1b

Caraterísticas

Chancela

Autor(a) Colleen Hoover

ISBN 9789896237936

Data de publicação Novembro de 2022

Edição atual 1.ª

Páginas 352

Apresentação capa dura

Dimensões 150x230x29mm

Disponibilidade Temporariamente Esgotado na Editora. Ver outras Lojas

Partilhar

Lowen Ashleigh é uma escritora que se debate com grandes dificuldades financeiras, até que aceita uma oferta de trabalho irrecusável: terminar os três últimos volumes da série de sucesso de Verity Crawford, uma autora de renome que ficou incapacitada depois de um terrível acidente.

Para poder entrar na cabeça de Verity e estudar as anotações e ideias reunidas ao longo de anos de trabalho, Lowen aceita o convite de Jeremy Crawford, marido da autora, e muda-se temporariamente para a casa deles. Mas o que ela não esperava encontrar no caótico escritório de Verity era a autobiografia inacabada da autora. Ao lê-la, percebe que esta não se destinava a ser partilhada com ninguém.

São páginas e páginas de confissões arrepiantes, incluindo as memórias de Verity relativas ao dia da morte da filha. Lowen decide ocultar de Jeremy a existência do manuscrito, sabendo que o seu conteúdo destroçaria aquele pai, já em tão grande sofrimento. Mas, à medida que os sentimentos de Lowen por Jeremy se intensificam, ela apercebe-se de que talvez seja melhor ele ler as palavras escritas por Verity. Afinal de contas, por mais dedicado que Jeremy seja à sua mulher doente, uma verdade tão horrenda faria com que fosse impossível ele continuar a amá-la.

1 avaliação

  1. Susana Sousa (@_os_livros_da_su_)

    Eu não tenho outra forma de começar esta review sem ser por MEU DEUS QUE LIVRO.

    Acabei agora mesmo de o ler e o que sinto merece passar de imediato para esta review.
    Este livro foi uma montanha russa de emoções, não há outra forma de o descrever.

    Quando o comecei a ler e me apercebi que havia um manuscrito dentro do livro achei completamente genial e só sabia dizer “Estou a ler um livro que tem outro livro lá dentro”, mas à medida que avanço na leitura do Manuscrito é choque atrás de choque! Tudo o que a Verity escrevia deixava-me em completo estado de choque, sei que já disse esta palavra, mas não consigo pensar noutra para descrever este livro.

    Este livro prendeu-me de início ao fim, citando a nossa personagem principal, Lowen, sempre que lia um capítulo repetia para mim “Mais um capítulo, e paro. É isso mesmo.”

    Cada momento deste livro para mim despertou uma emoção nova, além do choque que já referi, quando cheguei à Carta simplesmente desabei a chorar que nem uma madalena arrependida.

    Estou a tentar encontrar palavras para descrever este livro, mas só consigo pensar em “leiam e sintam este livro”, isto é um livro para ser sentido, a cada momento.

    Agora a grande questão #teammanuscrito ou#tramcarta? Pois bem, eu admito que estou um pouco dividida, mas o epílogo apesar de eu não estar completamente dicidida levam-me a ser #teamcarta, apesar que estamos tanto tempo envolvidos no Manuscrito que se torna difícil separar-nos das sensações que ele propociona, daí a minha indecisão.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado.

Relacionados