19,76 

O contrário de nada

Radiografia cáustica da vida contemporânea, uma história que põe a nu o esqueleto da natureza humana e a fragilidade dos laços sociais.
Um prodigioso romance de estreia, distinguido com o National Book Award.

253 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características

Chancela Alfaguara

Autor(a) Tess Gunty

Tradutor Eugénia Antunes
ISBN 9789897872327
Data de publicação Março de 2024
Edição atual 1.ª
Páginas 424
Apresentação capa mole
Dimensões 150x235mm

Coleção Alfaguara

Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

«Faca, algodão, casco, lixívia, dor, pelo, beatitude: enquanto sai de si mesma, Blandine é tudo isto. É cada morador do seu prédio de apartamentos. É lixo e querubim, um chinelo no leito do oceano, o fato-macaco cor de laranja do pai, uma escova a passar pelo cabelo da mãe. […] Um núcleo dentro do homem que lhe roubou o corpo quando ela tinha catorze anos, um par de óculos vermelhos na cara da sua bibliotecária preferida, um rabanete arrancado de um canteiro. Não é ninguém.»

Eis Blandine, a magnética protagonista de uma história povoada de estranhas figuras: um redator de epitáfios online, uma jovem mãe com um segredo, uma mulher que trava sozinha a sua guerra contra roedores, um filho ingrato, três rapazes enfeitiçados pela mesma rapariga. A todos sucede alguma catástrofe, para quase todos está reservada uma promessa de libertação. São vizinhos, e vivem num complexo habitacional de baixo custo em Vacca Vale, cidade em decadência. É a partir deste lugar inóspito que Tess Gunty conduz o leitor numa invulgar viagem pelo desconcerto do espírito humano, pelas grandes doenças sociais e pelo alcance incomensurável da imaginação. Uma estreia literária arrebatadora, que inscreve Tess Gunty na linhagem do Grande Romance Americano.

Os elogios da crítica:

«Uma obra de arte profundamente sábia, livremente inventiva, intimamente comovente, cujas infinitas dádivas permanecerão connosco muito depois de a lermos. Cada página deste romance contém um romance, contém um mundo.»
Jonathan Safran Foer

«Fascinante […]. Uma história de amor contada sem sentimentalismo; uma história de violência contada sem leviandade. Tess Gunty é uma escritora apaixonante.» Guardian

«Hipnotizante. […] Tess Gunty coloca o dedo na ferida da fragilidade e do absurdo da existência.» New York Times Book Review

«Um romance de estreia verdadeiramente impressionante […]. Uma escrita incandescente, com notável variação de estilos e vozes. […] Há aqui muitamatéria de deslumbre, mas o que permanece é simples: a cintilante interioridade das personagens.» Sunday Times

«Um romance que revela o lugar de onde vem, […] numa reflexão brilhante sobre o pouco que sabemos acerca de quem nos rodeia e sobre a forma como o sítio onde vivemos pode unir as pessoas — ou deixá-las por sua conta.» Atlantic

«Uma análise da decadência urbana que, apesar das preocupações sociais, é capaz de preservar a individualidade das personagens; o brilho excêntrico de Blandine [a protagonista] é fundamental nesta proeza.» New Yorker

«Cativante e inusitadamente belo. […] Tess Gunty entretece as diferentes histórias com primor e subtileza.» Boston Globe

«Um livro poderoso e feroz, pujante nos diálogos sombrios e espirituosos.» Los Angeles Times

Do mesmo autor
Nenhum resultado encontrado.
Outras sugestões

14,81 

Diário da Guerra aos Porcos

14,93 

O Barril Mágico

15,71 

A Idade da Pele

11,65 

A mulher mais bonita da cidade (Livro de Bolso)

14,98 

Paz Traz Paz

10,15 

Maria dos canos serrados

Artigos relacionados com o autor